Há 20 anos a edição do maior jornal do país, Folha de S. Paulo, estampou na capa e em meia página interna a ousadia de um grupo de ativistas brasileiros que almoçou em um dos restaurantes chiques do então impenetrável hotel Maksoud Plaza, de São Paulo.

Capa da Folha de S. Paulo de 20 de novembro de 1993. Clique na imagem para ampliar e ler.

Capa da Folha de S. Paulo de 20 de novembro de 1993. Clique na imagem para ampliar e ler.

Foi o estopim que desencadeou todo o entendimento de que o Estado brasileiro é devedor. Não apenas moral Mas econômico, político e social, da esmagadora parcela da população descendente de africanos e indígenas escravizados ou massacrados por mais de 400 anos de história do Brasil. Desde aquele ato – ousado, inédito, inesperado – a sociedade brasileira é outra. Inclusive a luta do movimento social negro-indígena e de outras minorias sociais é outra.

ReparacoesMaksioud

Anúncios