Lula está com medo

Lula-lá?

Lula-lá?

POR DEVER de ofício, há tempos tomei conhecimento do quanto a$ empreiteira$ de obras públicas influenciam e controlam o poder no país, negociando propinas, sobrepreço, comprando políticos ávidos em roubar a população.

Duas biografias de jornalistas, a de Samuel Wainer (Minha Razão de Viver) e a de Assis Chateaubriand (Chatô, o Rei do Brasil), dão uma ideia do poderio das grandes empreiteiras na história da república brasileira.

Em Salvador mesmo pude, atuando na Redação do jornal A Tarde, constatar esse fato. O então prefeito e atual empresário Mário Kertèsz montou um esquema com empreiteiras – Sérvia, Engepar, Góes Cohabita… [clique aqui para saber mais]

O juiz federal que preside o processo conhecido como "Lava Jato", de corrupção na maior empresa brasileira, a Petrobras

O juiz federal que preside o processo conhecido como “Lava Jato”, de corrupção na maior empresa brasileira, a Petrobras

Isso teria resultado em milionário desvio de dinheiro público. O prejuízo para o município foi estimado em US$ 200 milhões, de acordo com denúncia judicial, à época, da Procuradoria Geral do Município (1990). O dinheiro nunca foi reavido.

Neste livro o jornalista fala de entranhas do poder com empreiteiras

Neste livro o jornalista fala de entranhas do poder com empreiteiras

O processo, a essa altura, arquivado. Kertèsz e os seus vão muito bem, obrigado! Mantém ou manteve em sua folha de pagamentos jornalistas bem-falantes, gentes até que dividiu funções de docência em faculdades com o microfone do ignaro cidadão.

Eis que, impensável até o momento em que o poder judiciário, no excelente trabalho técnico do ministro Joaquim Barbosa – relator da Ação Penal 470 – abandonou sua desonrosa trajetória de leniência com os poderosos, o Brasil assiste os presidentes das duas maiores, mais importantes e influentes empreiteiras brasileiras serem mandados preventivamente para a cadeia da Polícia Federal. Por corrupção na Petrobras.

O que poderá vir a seguir, companheiro e colega de universidade José Sérgio Gabrielli?

O ícone do partido político que uma vez foi a esperança do rompimento com as velhas práticas de corrupção e apropriação do bem público para o interesse de enriquecimento particular ilícito, ao saber das prisões ousou, amedrontado, uma previsão.

Esse ex-prefeito, agora um paladino da "honradez", se safou porque no seu tempo não havia nem Sergio Moro nem Joaquim Barbosa

Esse ex-prefeito da capital baiana, agora um paladino da “honradez”, se safou porque no seu tempo não havia nem Sergio Moro nem Joaquim Barbosa

Luís Inácio Lula da Silva, ex-presidente do país por dois mandatos e criador de sua sucessora, diz que deverá ser o próximo alvo do juiz federal Sergio Moro. Este magistrado que, como Barbosa, tem dado provas de destemor e vontade de fazer justiça a partir da observância estrita da lei.

Por não ter direito a foro por prerrogativa de função (erroneamente chamado de foro privilegiado), vez que sua principal atividade lucrativa desde que saiu da Presidência da República é viajar pelo continente africano e América Latina fazendo lobby a favor, principalmente, da empreiteira Norberto Odebrecht, que lhe custeia o bem-estar, Lula teme também ser mandado para a cadeia.

Em breve. E com ele, quem mais?

Com Joaquim Barbosa o judiciário passou a mandar prender criminosos de colarinho branco

Com Joaquim Barbosa o judiciário, desde 2013, passou a mandar prender criminosos de colarinho branco super-poderosos

Como ordenou o juiz Sergio Moro agora com Marcelo Odebrecht. Amigo e maior financiador individual de seu périplo pela África e por países das Américas Central, do Sul e do Caribe. O maior empreiteiro do Brasil está preso e pode fazer um acordo de delação premiada. Valha-nos Deus!

Nesta hipótese não apenas ele, mas caciques de outras siglas – como o PSDB, que governou o país por oito anos antes de passar o bastão para o PT – têm motivos de sobra para temer o pior.

O medo de Lula, porém, é o mais asfixiante. Realmente tem motivos para perder o sono, num momento em que o presidente do instituto que leva o seu nome será convocado pela CPI da Petrobras na Câmara dos Deputados para esclarecer os milhões recebidos da Odebrecht.

O "Lula" português ainda não foi julgado mas há 7 meses encontra-se atrás das grades

O “Lula” português ainda não foi julgado, mas há 7 meses encontra-se preso numa cadeia de segurança máxima em Évora

Em Portugal, onde me encontro, de que as instituições de poder brasileiras herdaram os vícios, um ex-todo-poderoso chefe do executivo português há sete meses está atrás das grades. Por corrupção e tráfico de influência com negócios empresariais.

José Sócrates, ex-primeiro ministro pelo Partido Socialista (espécie de PT à moda lusitana) está em “detenção provisória” desde 22 de novembro de 2014.

O juiz Sergio Moro tem o seu avatar aqui, num sistema judiciário que – surpreendente para os padrões portugueses, como foi a atuação de Joaquim Barbosa e tem sido a de Moro – agora também demonstra alguma virtude.

  • VIOLÊNCIA CONTRA A JUVENTUDE NEGRA.
Não toquem em meu amigo! Este é Hamilton Borges, ativista brasileiro que hoje sofre ameaças e boicotes da estrutura repressiva na Bahia por denunciar o genocídio negro

Não toquem em meu amigo! Este é Hamilton Borges, ativista brasileiro que hoje sofre ameaças e boicotes da estrutura repressiva na Bahia por denunciar o genocídio negro. Se ele sofrer algum atentado, o responsável será o governador Rui Costa do mesmo partido de Lula

Uma nota sobre o modus operandi similar das polícias no Brasil e em Portugal: o excesso de uso da força, da arbitrariedade que utilizam contra a juventude. No caso da Bahia governada pelo PT desde 2007, o quadro é de genocídio.

  • Nesta quinta-feira, 25 de Junho de 2015, a partir das 14h pelo horário de Brasília e 18h pelo horário de Lisboa, ativistas dos dois lados do Atlântico debatem o assunto em evento acadêmico fruto de parceria interinstitucional (UFBA e UNL).

Em videoconferência que pode ser acompanhada por todos os interessados, por transmissão online pela internet. Acesse o facebook da atividade para saber como espalhar em rede e como participar. Mais informações pelo email racistassaoosoutros@gmail.com

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 99 outros seguidores